Análise games - FlatOut: Ultimate Carnage


FlatOut: Ultimate Carnage, game de corrida arcade focado na destruição e caos, desenvolvido pelo estúdio Bugbear Entertainment e publicado pela Strategy First. Lançado em julho de 2007 para Xbox 360, ganhando uma versão para PSP em março de 2008 e para Windows em agosto do mesmo ano.

Já tinha feito uma breve recomendação do game na Steam, mas como se tratava de uma simples frase decidi fazer uma análise mais "formal" do game. Primeiramente esclareço que não sou nenhum especialista em games de corrida, portanto tal análise será inevitavelmente superficial, até por que, não cheguei a finalizar o game por completo, uma vez que ele conta com inúmeras campanhas e modos de jogo.


O primeiro ponto interessante de FlatOut é que ele é um game arcade, focado nas suas insanas corridas, portanto não espere nenhuma historia aqui, apenas velocidade e diversão. O segundo ponto é que ele não é apenas um game de corrida, mas também um game de destruição, onde os veículos são inteiramente destrutíveis e a rigorosa física, que busca ser o máximo realista possível, colabora de forma incrível com esse fator, deixando as corridas frenéticas e empolgantes.

E essa característica é o grande atrativo de FlatOut, pois é extremamente divertido realizar corridas, onde você pode danificar os carros dos seus adversários com batidas incríveis, logicamente o inverso também acontece, deixando as partidas ainda mais difíceis, fora que qualquer deslize, qualquer objeto, por menor que seja, na pista, causam colisões incríveis, que alem de te prejudicar no desempenho da corrida danificam de forma extrema o seu carro.

Por outro lado, a física realista, pode se tornar um verdadeiro pesadelo para os jogadores inexperientes com o gênero de corrida, que é o meu caso, pois deixa o game demasiadamente difícil, prejudicando um pouco o fator diversão. Foram inúmeras horas tentando dominar as mecânicas do game seguidas com inúmeras derrotas, o que inevitavelmente me fez desistir do game por um tempo.

O game conta com uma considerável quantidade de modelos de carros, cada uma com características próprias, sendo mais adequada para cada tipo de pista e todos os carros podem ser modificados para melhoras a sua performance. O sistema de progressão não foge do padrão, realize as corridas, vença, ganhe dinheiro, compre carros melhores e faça upgrade nos mesmos. Nada surpreendente, mas funcional.

As pistas são bem variadas, passando tanto por cenários urbanos, quanto por cenários rurais. O interessante é que os cenários sempre contam com pontos destrutíveis, que contribuem bom a ação das corridas, alem de sempre haver um segredinho adicional nos percursos das pistas, como rampas que garantes saltos em alta velocidade, ou caminhos alternativos, que podem auxiliar na vitória em momentos críticos.

Há ainda um segundo modo de jogo chamado de Carnage Mode, onde o objetivo não é vencer corridas, mas sim utilizar a alta velocidade dos veículos para arremessar a longas distancias o motorista do carro e há varias variações desse modo onde você utiliza o motorista como bola de basquete ou de boliche, apenas para citar um exemplo. É um modo divertido e engraçado, mas que acaba se tornando enjoativo rapidamente.

Outro modo divertidíssimo é o modo Deathmatch Demolition, onde o objetivo é destruir os carros dos adversários em arenas e se manter vivo até o final da partida. O interessante é que há diversos itens, que vão surgindo de forma aleatória, que dão algumas habilidades aos carros, como deixar o veiculo resistente a dano, ou deixa-lo intangível, justamente para evitar dano, ou mesmo deixa-lo mais rápido. E o melhor, sempre que um carro é destruído o game fica em câmera lenta para que o jogador  poça apreciar a cena de destruição.

De maneira geral FlatOut: Ultimate Carnage é um ótimo game, com uma física que deixa as corridas bem desafiadoras e com conteúdo suficiente para agradar tanto jogadores mais hardcore, quanto os jogadores mais casuais. Um game que pode render boas horas de diversão, caso você goste de games arcades ou simplesmente de games com boas doses de destruição e caos.



Informações adicionais:
Nota geral: 7,0.
Tempo dedicado ao game: 68 horas.
Conquistas desbloqueadas: 17 de 50, na Live.
Dificuldade: Se você for um noob em games de corrida como eu, passará dificuldades. Sua física realista é o que torna o game difícil.
Fica a dica: O game tem inúmeros modos de jogo, com certeza um deles irá lhe agradar, portanto experimente.
Gameplay: Em breve.
Vale o preço? Até vale, mas sugiro que o pegue com 75% de desconto.
Modo de jogo: Singleplayer e multiplayer para até 8 jogadores, mas ele depende do falecido GFWL.
Idioma: Inglês.

Comentários

Postagens mais visitadas