Análise games - Deadpool




Game de ação e humor, que adapta um dos personagens mais cômicos do universo Marvel, desenvolvido pelo estúdio High Moon Studios e distribuído pela Activision . Lançado em junho de 2013 para PS3, Xbox 360 e PC, ganhando uma edição remasterizada em novembro de 2015 para PS4 e Xbox One.

Primeiro ponto a ser esclarecido sobre Deadpool, sua historia é totalmente dispensável, tão dispensável que o próprio game deixa isso claro já no inicio da trama e não, isso não é ruim. O game começa com Deadpool tentando convencer alguns produtores a realizarem um jogo sobre ele mesmo, apos uma forte argumentação, o game começa a ser produzido, e o que vemos a seguir é Deadpool jogando o próprio jogo. A trama até evolui e começa a apresentar certo objetivo envolvendo alguns personagens importantes do universo mutante da Marvel, como Cable, Wolverine, Sr. Sinistro, mas assim que o objetivo está prestes a ser esclarecido o próprio personagem diz que o enredo é enfadonho e não merece atenção.

E o maior mérito de Deadpool é justamente esse, priorizar o humor e a diversão, não se levando a serio em nenhum momento, fazendo piada de tudo e de todos, e o melhor, interagindo de forma constante com o jogador. É hilário ver o personagem conversando com o jogador, tirando sarro dos erros cometidos ou mesmo da forma de como o jogador está jogando, ouvir o personagem lhe chamar de "noob" ou lhe dar dicas como "utilize o teleporte" é algo engraçado, ou ao menos inusitado. 

A jogabilidade é o segunda atrativo de Deadpool, nada surpreendente, mas é uma boa mistura de Beat 'em up e games de tiro, o combate funciona com armas corpo a corpo e armas de fogo, ambos os tipos de armas podem ser melhoradas tornando-se mais eficientes, o que dá uma boa sensação de progressão ao gameplay. É uma jogabilidade simples, que funciona e diverte, porem a duração da campanha pode deixar o game um pouco repetitivo, uma vez que a mecânica do game é quase sempre a mesma, avançar e derrotar os inimigos pelo caminho. 

Alem da campanha há o modo desafio, onde o jogador tem que derrotar hordas de inimigos em um determinado tempo, tal modo aumenta um pouco mais o tempo de gameplay, mas nada significativo ou bom o suficiente para se tornar viciante.

A ambientação é bem simples, não chega a ser repetitiva, mas inegavelmente é bem genérica, não surpreendo em nenhum momento. O game até passa por ambientes importantes do universo Marvel, como a cidade mutante de Genosha, mas o cenário carece em detalhes, fazendo do mesmo apenas mais uma fase. A exploração é mínima, uma vez que as fases são bem lineares e sem extras a serem coletados. A trilha sonora é agradável e combina perfeitamente com a ação do game.

De maneira geral, Deadpool é um bom game de ação, que não inova e nem surpreende, cumprindo de forma satisfatória ao que se propõem, que é entreter e divertir,seu grande destaque é justamente ser uma ótima adaptação do personagem ao mundo dos games, uma vez que consegue manter a essência do anti-herói que é totalmente insano e hilário. Um game para os amantes da zoeira sem limites e para os fãs da Marvel Comics. 

"Escrito e dirigido por Deadpool."


Informações adicionais:
Nota geral: 7,5.
Tempo dedicado ao game: 15 horas.
Conquistas desbloqueadas: 25 de 50.
Dificuldade: Modo normal é bem tranquilo de se jogar, para a dificuldade mais alta é aconselhado jogar ter finalizado o jogo ao menos uma vez.
Fica a dica: Priorize uma arma de cada vez, assim liberará os upgrades dela de forma mais rápida.
Gameplay: Clique aqui.
Imagens durante a jogatina: Clique aqui.
Vale o preço? Não, por 80 dilmas se compra games bem melhores. Indico que o adquira com no mínimo 50% de desconto.
Modo de jogo: Exclusivamente singleplayer.
Idioma: Inglês, com tradução disponível no site TriboGamer.

Comentários

Postagens mais visitadas