Análise games - The Walking Dead: Season Two


The Walking Dead: Season Two, game de aventura, no estilo Point-and-Click, que continua a dramática trama apresentado no ano um de The Walking Dead, desenvolvido e produzido pela Telltale Games, com seu primeiro episodio lançado em dezembro de 2013, com os seguintes sendo lançados ao longo de 2014, com versões para PS3, Xbox 360 e PC, posteriormente ganhando versões para PS Vita, iOS, Androide PS4, Xbox One e até mesmo para o Ouya.

A primeira temporada do game em episódios da Telltale foi um sucesso tão grande que reacendeu o interesse do publico nos jogos point-and-click. Mas junto com o sucesso venho o grande desafio, como superar o impacto dramático da trama do primeiro jogo em sua sequencia. Algo inegavelmente difícil, mas a Telltale provou mais uma vez que sabe como contar um boa historia, fazendo nos envolvermos novamente com a incrível trama apresentada. 

O game inicia após os acontecimentos dramáticos e inesquecíveis do final do primeiro game, com Clementine acompanhando Crista e Omid, mas já nos primeiros minutos do game a trama tem uma grande reviravolta e Clementine se vê sozinha novamente. Perdida e ferida ela encontra um novo grupo de sobreviventes e se envolve em uma nova jornada, com o objetivo de fugir do temível Carter, um personagem quase tão marcante quanto o icônico Governador.

Inegavelmente a trama de The Walking Dead é seu principal atrativo e não poderia ser diferente nesse segundo game. Enquanto no primeiro jogo a trama gira em torno de redenção e sacrifício, nessa segunda temporada vemos como o foco o amadurecimento e a perda da inocência pelos olhos da pequena Clementine. A frágil menina que vemos no primeiro game se vê obrigada a amadurecer para conseguir sobreviver em um mundo tão hostil e a transformação que a personagem passa é drástica e marcante.

E uma boa trama não funciona sem bons personagens, e a segunda temporada está cheio deles, como Luke, que cria uma forte amizade com Clementine, ou a jovem Sarah, que apresenta sérios problemas de confiança, ou mesmo o vilão Carter, que rouba a cena assim que aparece pela primeira vez. Mas o grande destaque fica com o retorno de Kenny, que simplesmente deixa a trama ainda mais interessante e envolvente e não há como não se apegar ao personagem, por mais questionáveis e chocantes que sejam as suas atitudes, pois todo o sofrimento que ele presenciou ao lado de Clementine, torna a ligação entre os personagens ainda mais forte e isso deixa a conclusão da trama extremamente marcante. A escolha que o jogo te obriga a fazer é simplesmente dificílima, pois por mais racional que você seja, a conclusão será a mesma, não há escolha correta e independente de qual delas você siga terá que conviver com a dúvida e a dor das suas consequências.

Em termos de jogabilidade o game apresenta as mesmas mecânicas do primeiro jogo, uma boa dose de quick time events é acrescentada nos momentos chaves e o game aparenta estar mais dinâmico, mas nada que mude de forma significativa a já clássica jogabilidade de interação com os cenários e personagens. Visualmente o game também obteve poucas mudanças, o estilo cartunesco permanece e mantém a identidade visual do primeiro game.

The Walking Dead: Season Two é um excelente game, como uma narrativa surpreendente, que fala de perda, amadurecimento e mudança de uma forma única, é difícil não se emocionar ou mesmo se envolver com a trama apresentada e mesmo o game perdendo o impacto inicial que o primeiro teve é inegável que ele é igualmente marcante e memorável.

Informações adicionais:
Nota geral: 10.
Tempo dedicado ao game: 12 horas.
Conquistas desbloqueadas: 40 de 40.
Dificuldade: Fácil, extremamente fácil, a dificuldade está em realizar as escolhas que o game propõe.
Fica a dica: O game não precisa de dicas, apenas instale, jogue e curta a historia.
Gameplay: .Em breve.
Imagens durante a jogatina: Clique aqui .
Vale o preço? Sim, vale cada centavo gasto, pode adquirir sem medo.
Modo de jogo: Exclusivamente singleplayer.
Idioma: Inglês, com tradução disponível no site TriboGamer.

Comentários

Postagens mais visitadas