Análise games - Assassin's Creed II



Assassin's Creed II é um jogo de ação em terceira pessoa, lançado em 2009 pela Ubisoft, o primeiro game foi lançado um ano antes e fez relativo sucesso, mas foi com Assassin's Creed II que a serie se destacou, tornando-se uma das maiores franquias do mundo dos vídeos games dos últimos anos.

Na trama Desmond é resgatado das Indústrias Abstergo por Lucy, que revela estar lutando contra a mega corporação e tem um plano para deter a Ordem dos Templários, submeter Desmond a novas sessões no Animus a fim de acessar memórias de mais um antepassado com o intuito de treina-lo para se tornar um assassino.

Com isso nos é apresentado um novo protagonista, Ezio Auditore, jovem que viveu na Itália do século XV e que busca vingança pela morte do pai e irmãos. Normalmente a troca de um protagonista pode ser prejudicial para uma historia, mas Ezio Auditore tem carisma suficiente para manter o interesse dos fãs, ele é jovem, imprudente, divertido e galanteador, quase que o oposto de Altair, protagonista do primeiro jogo, que era mais serio, centrado e misterioso. A historia é conduzida por Ezio buscando vingança, mas se envolvendo em uma trama ainda maior, após descobrir que seu pai na verdade fazia parte da ordem dos assassinos.

Em uma primeira análise pode se achar que se trata do mesmo jogo de 2008, pois a mecânica é muito semelhante, mas Assassin's Creed II apresentou drásticas mudança na jogabilidade e principalmente na narrativa. A jogabilidade é basicamente a mesma, mas foi acrescentado uma serie de novos movimentos, como técnicas de combate e novas armas, agora nosso assassino pode nadar, utilizar veneno, bombas de fumaça, ocultar-se na multidão e até mesmo utilizar de uma pequena arma de fogo acoplada no braço direito, fora que agora você pode contratar ladrões, mercenários e até mesmo prostitutas para lhe auxiliar nas missões. Com isso o jogo lhe da formas muito variadas de jogabilidade, deixando-o bem mais dinâmico, mas de certa forma bem mais fácil, afinal com tanta ajuda disponível a dificuldade diminui consideravelmente.

Mas a mudança que mais me agradou foi na narrativa, agora tudo flui de forma bem mais agradável, as cenas de diálogos já não são mais estáticas como no primeiro jogo e os personagens secundários são interessantes e marcantes, com destaque para Leonardo da Vinci e Mario Auditore. As missões se tornaram mais variadas e dinâmicas, além das principais, há uma serie de missões secundarias que aumentam as horas de gameplay, mas a trama principal apresenta variedade suficiente para não deixar o jogo repetitivo.

Uma das marcar da serie é sua ambientação, a trama se passa em cidades da Itália do século XV como Veneza, Florência e Toscana, todas elas ricamente detalhadas e movimentadas, o jogo consegue passar a sensação de se estar jogando em uma cidade renascentista de forma surpreendente.

Assassin's Creed II surpreende por trazer uma serie de melhorias para um jogo que já era bom, a impressão que o jogo passa é que o conteúdo foi dobrado. Um game com uma ótima jogabilidade, uma narrativa envolvente e com personagens bem construídos, mas o que mais surpreende é a trama do jogo que começa arrastada, com o protagonista buscando vingança, mas vai se expandindo, se desenvolvendo e evoluindo junto com o protagonista e ao final se torna bem reveladora e inesperada. Sem sombra de duvida um jogo imperdível para os fãs de ação e de ficção cientifica.

Leia também a análise do primeiro jogo clicando aqui.

"A Verdade"





Comentários

Postagens mais visitadas