Análise games - Banished


Banished é um game de simulação e gerenciamento de cidades. Desenvolvido e publicado pelo estúdio independente Shining Rock Software LLC. Lançado em fevereiro se 2014 exclusivamente para PC.

A proposta de Banished é apresentar um gerenciador de cidades, assim como SimCity, porém ambientado na idade média. Assim como a maioria dos games do gênero, o jogador deve providencias recursos e atender as necessidades específicas da população, porém Banished tem uma peculiaridade que o torna quase que único, cada habitante tem uma função e se torna fundamental para o desenvolvimento da sua cidade.

Ao começar, o jogador poderá escolher a dificuldade, o tamanho e tipo de mapa, dependendo dessas escolhas o game começará com uma certa quantidade de recursos e habitantes. A premissa de Banished gira em torno de um grupo de pessoas que foram banidas de sua antiga comunidade e precisão se restabelecer em um novo local e cabe ao jogador garantir que tal objetivo seja alcançado.

E é aqui que Banished se diferencia de qualquer game do gênero, pois apresenta uma curva de aprendizado bem acentuada, podendo frustrar até mesmo os mais experientes jogadores do gênero. Em Banished, cada habitante tem um papel fundamental para o desenvolvimento de seu pequeno povoado, o jogador terá que definir sabiamente a função de cada habitante, direcionando-o para coletar recursos e produzir mantimentos que garantam não só o desenvolvimento da cidade, mas também a sobrevivência da própria população.

Se já não bastasse os recursos baixos, os habitantes sofrem com males totalmente fora do controle do jogador, podendo morrer de fome, frio e até mesmo por desastres naturais e a dificuldade do game está justamente aqui, a perda de um único habitante pode ocasionar em um verdadeiro desastre e é extremamente difícil equilibrar os recursos ao ponto de manter de forma sustentável o povoado e ainda faze-lo desenvolver, Um bom exemplo disso é a necessidade constante de se monitorar o estoque de alimentos e lenha, dois dos recursos mais fundamentais do game, basta um pequeno descuido para o estoque cair, causando morte por fome e frio nos rigorosos invernos presentes no jogo.

Além da constante preocupação de se manter o estoque de recursos em um nível aceitável, o jogador pode ser surpreendido com desastres naturais que simplesmente destroem em poucos minutos o trabalho de horas. Incêndios surgem sem prévio aviso e arrasam quadras inteiras do povoado, assim como tornados que causam um grande estrago por onde passam e para finalizar pragas e doenças assolam as plantações e animais.

Toda essa dificuldade que o game apresenta demanda uma certa dedicação do jogador, que terá que definir qual recurso priorizar, qual a função de cada habitante e quais estruturas construir primeiro, tudo isso determinará o sucesso em tornar o povoado sustentável. E o desenvolvimento da sua pequena cidade será algo demorado, lento, pois a população só aumentará com o nascimento e crescimento das crianças geradas na própria vila, isso proporciona uma ótima sensação de realismo ao game.

Apesar da dificuldade inicial que o game apresenta, que afugenta alguns jogadores casuais, o mesmo se torna extremamente compensador após as primeiras inevitáveis derrotas. É extremamente gratificante conseguir estabelecer um povoado, por menor que ele seja, e torna-lo sustentável e prospero.

O interessante é que o game apresenta várias maneiras de se alcançar os objetivos, o jogador poderá investir na agricultura para produzir alimentos, assim como viver única e exclusivamente da caça e da coleta de ervas, ou ainda, se desejar, coletar grandes quantidades de madeira, pedra e até mesmo carvão, para poder comercializa-los e troca-los por outros insumos. Poderá construir escolas, para que os habitantes se tornem mais produtivos, hospitais para melhorar sua saúde, uma taberna para que se divirtam e inúmeras outras construções, todas elas cumprindo uma determinada função e impactando no desenvolvimento do povoado.

O visual de Banished é extremante competente, apresentando belos cenários, que mesmo limitados, atendem de forma satisfatória a proposta do game, além disso o game apresenta mudanças de estações, que deixam os cenários ainda mais belos, como por exemplo no inverno, onde todo o povoado é coberto por neve gerando um belo contraste com a vegetação e as construções. A arquitetura dos edifícios também impressiona, remetendo logicamente a idade média, apresentando um belo nível de detalhes, dando uma personalidade bem distinta ao game.

Banished é um excelente game de gerenciador de cidades, apresentando uma dificuldade desafiadora, que frustra em um primeiro momento, mas que se torna extremamente compensadora após superada. Um game diferente da maioria dos games do gênero, tornando-o quase que indispensável para os fãs de simuladores e gerenciadores de cidades.

Informações adicionais:
Nota geral: 10
Tempo dedicado ao game: aproximadamente 50 horas.
Conquistas desbloqueadas: 10 de 36.
Dificuldade: Entre médio e difícil.
Fica a dica: Mantenha um estoque considerável de alimentos e lenha, essa deve ser sempre a sua principal prioridade, pois sem eles sua população irá fatalmente morrer.
Gameplay: Clique aqui.
Imagens durante a jogatina: Clique aqui.
Vale o preço? Sim, se curte games de gerenciamento e desafiadores pode comprar sem medo.
Modo de jogo: Exclusivamente singleplayer.
Idioma: Inglês, com tradução disponível na oficina da Steam.

Comentários

Postagens mais visitadas