Análise games - Fallout 3: Game of the Year Edition


Fallout 3, RPG de ação, ambientado em um mundo pós-apocalíptico, desenvolvido e distribuído pela Bethesda, lançado em outubro de 2008, para PCs, Xbox 360 e PS3, ganhando um ano mais tarde uma versão GOTY, que reúne, alem do jogo base, as 5 DLCs lançadas para o game.


Sou um grande entusiasta de games de RPGs, principalmente os de gênero de fantasia, mas logicamente que games de ficção e pós apocalípticos também despertam meu interesse. Fallout é um dos muitos RPGs que estavam na minha interminável lista de games a se jogar e com o anuncio de Fallout 4, não tive duvidas, estava na hora de dar a devida atenção para Fallou 3.

Fallout nos mostra um mundo totalmente devastado por uma guerra nuclear entre China e Estados Unidos. O jogador assume um habitante das chamadas Vaults, abrigos subterrâneos feitos pela empresa Vault-Tec em parceria com o governo americano, para que parte da população conseguisse sobreviver a guerra, apos um pequeno prologo que acompanha o nascimento e infância do protagonista, a trama começa de fato com a fuga de seu pai da Vault, sem saber os reais motivos por trás de sua ida você ruma ao exterior em busca de respostas. A historia se desenvolverá entorno disso, da busca pelo pai do protagonista e dos mistérios por trás do projeto pureza.

Confesso que a trama não chegou a me surpreender muito, mas de forma alguma ela é ruim, na verdade ela muito bem construída, com algumas reviravoltas e cheia de subtramas que prolongam de forma satisfatória o tempo de jogo, foi muito gratificante descobrir a verdade por trás das Vaults, ou sobre as diversas facções do jogo. Mas o que realmente impressiona em Fallout 3 é o seu mundo, me arrisco a dizer que ele é o real protagonista aqui, toda a sua ambientação sem vida, desértica, cinza e cheia de escombros impressiona e contrasta com todos os jogos que já joguei. Há um ar de melancolia em Fallout que o  torna único e a cada novo local encontrado, a cada nova criatura descoberta, você tem a certeza que esse é um universo rico e que merece ser explorado.    

A jogabilidade pode ser tanto frustante, quanto impressionante. Primeiro temos a movimentação, que é lenta, travada, que não colabora em nada com o apelo de exploração que o game traz, logicamente que isso não estraga a experiencia, mas bem ou mal causa um certo incomodo e até monotonia devido a lentidão de se chegar a um ponto a outro. Já o combate é extremamente satisfatório de se jogar, principalmente devido ao sistema V.A.T.S, que permite o jogador pare o tempo e escolha qual parte do corpo do inimigo irá atingir, conforme a experiencia e a arma utilizada isso poderá causar mais ou menos dano no oponente e até mesmo causar desmembramentos e decapitações, e acredite, quando isso acontece você será presenteado com "belíssimas" cenas em câmera lenta dos inimigos sendo destroçados.

O sistema de level também é bastante robusto, há muitas habilidades a serem escolhidas e atributos para se aumentar, porem o game te limita ao nível 20, o que causa um pouco de frustração, uma vez que tal limite não condiz com o enorme mundo apresentado, pois ao se chegar no level máximo ainda há muito a ser explorado e todo os pontos experiencias que se ganharia a partir dai são simplesmente perdidos, prejudicando a sensação de progressão do game.

Das 5 DLCs disponíveis a mais relevante, em termos de historia, é a Broken Steel, que alem de aumentar o level máximo para 30, conta com uma nova linha de quests que aumenta significativamente o tempo de jogo, mostrando o embate final da Irmandade de Aço, contra as forças remanescentes do Enclave.

Fallout 3 é um excelente RPG, que apresenta uma historia não tão envolvente, mas que recompensa o jogador com um mundo sem vida, mas que mesmo assim impressiona, com um ar melancólico e único e extremamente gratificante de ser explorado. Um clássico do gênero, que merece ser jogado.

"War. War never changes".


Informações adicionais:

Nota geral: 09.
Conquistas desbloqueadas: 50 de 72.
Tempo de jogo: 65 horas, realizando todas as quests, principais e secundarias do jogo base.
Dificuldade: Fácil.
Fica a dica: Escolha o tipo de arma que ira utilizar e invista apenas em atributos que melhoram as habilidades com tal arma, isso facilitará muito os confrontos com os inimigos.
Modo de jogo: Singleplayer.
Imagens durante a jogatina: Clique Aqui.
Idioma: Em inglês, mas com tradução do jogo base disponível no site GameVicio e algumas DLCs no site TriboGamer.

Comentários

  1. Ei brother, e a parte gráfica, a qualidade fica perto do Batman Arkham Asylum?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Savio, se comparado a Arkham Asylum, Fallout é bem inferior graficamente, como se trata de um game de 2008 os gráficos são bem datados.

      Excluir
    2. Que pena, eu sei que o gráfico não é o aspecto mais importante de um jogo, mesmo assim não consigo jogar jogos com gráficos muito ruins, você chegou a utilizar algum mod para melhorar-lo

      Excluir
    3. Savio, os gráficos não são ruim, só estão um pouco datados, se tratando de um game de 2008.

      Mas se curte um bom RPG aconselho a dar uma chance ao game.

      Mas caso não queira, acho que Fallout 4 será um bom ponto de partida...

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas