Análise games - Assassin's Creed Revelations


 

Assassin's Creed Revelations é o quarto game de uma das franquias mais populares do mundo dos games dos últimos anos. Produzido e desenvolvido pela Ubisoft, Revelations foi lançado em novembro de 2011 para as plataformas PC, Xbox 360 e PS3, foi o primeiro game da serie legendado em português do Brasil.

Antes de mais nada deixo claro que a presente análise não leva em consideração o ultimo lançamento da serie, Assassin's Creed III, já que ainda não tive a oportunidade de joga-lo, portanto algumas afirmações nesta analise podem se mostrar incoerentes se você já conhece o jogo Assassin's Creed III.

A história de Revelations inicia com Desmond Miles em coma, apos os acontecimentos de Brotherhood, preso em uma especie de realidade virtual dentro do Animus, Desmond encontra o Subject 16, que revela que ele deve buscar maneiras de sair do coma, caso contrario ficará, assim como ele, preso para sempre dentro do programa. Com isso Desmond, para despertar do coma, é forçado a acessar novamente as memorias do seu antepassado Ezio Auditore, descobrindo assim seu verdadeiro papel na guerra entre os Assassinos e Templários.

A trama se divide em três narrativas que ocorrem de forma intercalada, acompanhando os três protagonista da serie, primeiro temos Desmond preso no Animus, segundo temos Ezio que busca os segredos do lendário Altair e por fim conhecemos um pouco mais da história do próprio Altair, protagonista do primeiro game. Das três narrativas a mais longa sem sombra de duvida é da Ezio, que ruma até a cidade de Constantinopla em busca de cinco chaves para abrir a biblioteca de Altair, apesar disso a trama se mostra bem menos interessante que a de Brotherhood por exemplo, pois se demostra curta e pouco desenvolvida, principalmente em questão dos personagens, os aliados de Ezio são desprovidos de carisma, fazendo com que o jogador perca parte da imersão da trama, além disso o verdadeiro vilão do jogo é revelado tardiamente e nem de longe é tão marcante quanto Rodrigo e Cesare Bórgia. Na trama que mostra alguns anos da vida de Altair é extremamente gratificante, pois esclarece a historia de personagem que sem sombra de duvida é um dos mais marcantes da serie Assassin's Creed e por ultimo temos algumas missões que narram um pouco do passado de Desmond, aqui a vemos algumas memorias de Desmond como sua infância, seu treinamento e sua fuga da ordem dos assassinos, tal narrativa funciona mais para se conhecer um pouco mais do personagem e suas motivações, nada que influencie de forma significativa a trama principal do jogo.

Quando Revelations foi anunciado a Ubisoft prometeu grandes revelações sobre os três protagonistas do game, isso realmente acontece, mas tais revelações não chegam a surpreender, o passado de Desmond é mostrado, mas de forma tão superficial que chega a se tornar monótona, já na trama de Altair, muito é esclarecido, como seus filhos, sua ascensão a mestre da ordem e por fim sua morte, por ultimo temos a trama de Ezio que me pareceu um pouco forçada, por mais que seja justificado o motivo de Ezio buscar os segredos deixados por Altair, é inegável que todo o restante da trama serve apenas para alongar a história e por mais que eu considere Altair o personagem mais interessante da trama, é inegável que Ezio é o principal protagonista da serie e chega a ser um pouco frustrante saber que seu grande destino era apenas passar uma mensagem ao seu descendente. Pra mim não foi um final digno para um dos personagens mais carismáticos da ultima década.

Na questão de ambientação Revelations segue a tradição da serie e apresenta lindos cenários, a cidade de Constantinopla é movimentada, colorida, cheia de referencias historias e grande o suficiente para garantir boas horas de exploração, mas ela me pareceu menor que a Roma apresentada em Brotherhood e apesar de igualmente bela a considero menos marcante que a capital italiana.

Na jogabilidade temos novas armas e movimentos, mas nada que mude de forma significativa a já clássica mecânica da serie. Fica como destaque a modificação da Lâmina Oculta que ganha uma espécie de gancho que permite que o assassino se pendure em cabos que conectam os telhados da cidade, deixando assim o deslocamento mais rápido e dinâmico. Outra novidade marcante foi a adição de bombas táticas que podem ser utilizadas para distrair, incapacitar e até mesmo eliminar seus inimigos, com isso o game ganha uma ótima opção estratégica para se alcançar os objetivos, apesar disso confesso que usei muito pouco tais bombas nas missões, mas não deixa de ser uma bela novidade.

Assim como em Brotherhood, Ezio vai conquistando territórios dominados pelos Templários, mas agora alem de conquista-los você terá que mante-los, todas as vezes que o nível de procurado de Ezio chegar a 100% um dos territórios conquistados sofrerá um ataque, ao chegar no local do ataque é iniciado o modo Tower Defense, que consiste em uma especie de modo tático onde o jogador posiciona suas defesas para conter diversas ondas de ataques dos templários e evitar que a torre seja retomada pelo inimigo. Tal modo se demonstra interessante, mas se torna dispensável apos duas ou três partidas.

Assassin's Creed Revelations é um bom jogo, que tenta trazer novas mecânicas, mas no final se trata de "mais do mesmo", não chegando a trazer grandes inovações, mas se torna indispensável para os fãs da serie, pois traz algumas respostas e revelações sobre os três protagonistas e principalmente define um objetivo muito claro para Desmond Miles, deixando um ótimo gancho para o próximo jogo da serie.

"Eu sei o que temos que fazer" - Desmond



Informações adicionais:

Tempo de jogo: Finalizado em aproximadamente 30 horas.
Conquistas desbloqueadas: 34 de 38.
Modo de jogo: Singleplayer.
Dificuldade: Fácil, principalmente para os que já conhecem os jogos anteriores.
Idioma: Inglês, com legendas e menus em português do Brasil.
Custo: US$ 24,99, em promoção na Steam, atualmente o jogo pode ser adquirido por R$ 49,99.


Leia também a análise dos jogos anteriores:
Assassin's Creed
Assassin's Creed II
Assassin's Creed Brotherhood

Comentários

Postagens mais visitadas